Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    28 de junho de 2009

    Depois de chuva forte, manhã fria e nublada em Belo Horizonte

    As previsões se confirmaram e Belo Horizonte teve uma madrugada bastante chuvosa com muitos raios e trovoadas, como raramente ocorre em um mês de junho na capital. Conforme o BH TEMPO já havia anunciado no dia 21/06, a estação seca de 2009 seria menos intensa que a dos últimos anos. E não poderia ser diferente, a umidade relativa do ar se mantém elevada e o volume de precipitação acumulado com a chuva dessa madrugada (21,6 mm) certamente será responsável por um dos junhos mais chuvosos da história de Belo Horizonte. Preparamos um gráfico com dados de precipitação nesse mês na capital ao longo do período 1986-2007:

    O ano que teve um junho mais chuvoso foi 1987, com quase 60 mm. Destacamos também junho de 1989, com mais de 40 mm de precipitação. Outros anos que apresentaram anomalias positivas nesse mês foram 1993, 1997, 2004 e 2005. No restante do período, o acumulado ficou dentro ou abaixo da média mensal (10,3 mm). A tendência (linha preta) observada ao longo desses 22 anos é de redução da precipitação em Belo Horizonte nesse mês. Contabilizando a chuva dessa madrugada, em junho de 2009 já choveu 38,6 mm na capital - terceiro maior valor do período aqui considerado. Se houver mais chuva hoje é provável que 2009 supere 1989 e se torne o segundo ano com maior precipitação em junho na cidade.

    A manhã desse domingo começou fria e úmida em Belo Horizonte: 14,2° C com umidade relativa de 97 % na Pampulha (INMET). Às 10 da manhã a temperatura ainda era de 16,9° C e a umidade de 87 %. A máxima hoje não deve passar dos 22° C.
    .

    Nenhum comentário: