Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    18 de julho de 2009

    "Casa que entra sol, não entra médico..."

    Uma massa de ar seco predomina sobre Minas Gerais e deixa o sábado ensolarado em praticamente todo o Estado. Esse sistema, comum nessa época do ano, inibe a formação de nuvens e dificulta a passagem de frentes frias pelo interior do continente. O resultado são dias e mais dias seguidos de céu limpo, com muito sol durante as tardes e quase nenhuma chuva. O mês de julho é o que apresenta maior quantidade de horas de brilho solar em várias cidades mineiras. Em Belo Horizonte, por exemplo, são 256,5 horas, segundo dados das Normais Climatológicas 1961-1990 do Instituto Nacional de Meteorologia. Para efeito de comparação, a cidade de Curitiba, capital do Estado do Paraná, tem apenas 147,6 horas de brilho solar no mesmo mês. Outras cidades mineiras que apresentam grande insolação em julho são: Espinosa (269 horas), João Pinheiro (272,9 horas), Montes Claros (258 horas), Patos de Minas (260,7 horas), Sete Lagoas (273,5 horas) e Uberada (256,2). Já cidades como Governador Valadares (113,3 horas), Teófilo Otoni (162,9 horas) e Cataguases (179,5 horas), apresentam baixa insolação nessa época do ano, resultado da proximidade marítima. A imagem acima mostra o aspecto do céu na capital mineira, por volta das 15 horas de hoje. A máxima na cidade fica em torno dos 26° C.
    .

    Nenhum comentário: