Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    23 de julho de 2009

    Frente fria se aproxima de Minas Gerais, mas chance de chuva em BH é nula

    Uma frente fria bastante organizada avança pelo Estado de São Paulo e se aproxima de Minas Gerais entre hoje e amanhã. Na retaguarda desse sistema, uma forte massa de ar polar deixa as temperaturas muito baixas em todo o território argentino. Ontem nevou em várias cidades desse país, inclusive na região da Grande Buenos Aires. Às 11 da manhã de hoje (hora local) fazia apenas 4° C no aeroporto internacional de Ezeiza, próximo à capital argentina. Nesta quinta-feira, a massa de ar frio derruba a temperatura nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

    Em Minas Gerais, a influência dessa frente fria será muito pequena. Apenas no extremo sul do Estado pode chover a partir de amanhã. Na Região Metropolitana de Belo Horizonte e em todo o centro-norte mineiro, uma massa de ar seco e quente persiste e impede o avanço de instabilidades frontais. Belo Horizonte deve ter dias de bastante calor, com máximas beirando os 30° C, até pelo menos o início de agosto.
    .

    2 comentários:

    danilo disse...

    Opa beleza
    Aqui BH vai terminar o mes de Julho assim com cara de verão...
    nen acredito que o inverno aqui ja esta vingando meu Deus...
    Dizem que agosto vai ter um sistema que mudara essa condição no brasil...
    Pelo jeito que esta ja estou até desanimado de esperar algo mais intesnso aqui emBH.
    Jlhos esta chegando ao fim agosto esta ai.
    BH esta nas graças do aquecimento Global?
    sinto muito mais essa não é a BH que conheço deste quanto eu era criança
    Por favor Mande uma mesagen para mim no meu e-mail dbrumana18@hotmail.com
    Gosto muito do seu blgo e visito ele todos os dias.
    Adeus

    Rafael disse...

    Caro Danilo,
    obrigado pela visita e participação!

    Sobre sua dúvida, você não está equivocado: a Belo Horizonte de hoje é mesmo mais quente que a de 20/30 anos atrás, fato já comprovado por alguns estudos científicos. A questão é: o que tem causado essa elevação verificada da temperatura? Eu particularmente acredito em um conjunto de fatores, sendo o Aquecimento Global um deles. Acho que devemos considerar também a Ilha de Calor urbana e eventos de grande impacto global como El Niño e La Niña. No mais, é realmente lamentável que aquele clima ameno de BH esteja cada vez mais distante de nosso presente.

    Continue nos visitando!
    Abraço,

    Rafael