Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    7 de agosto de 2009

    Ventos de agosto

    Em grande parte do litoral brasileiro, agosto é conhecido como mês dos ventos. É nessa época do ano que o Anticiclone Subtropical do Atlântico Sul (ASAS), um sistema de alta pressão com centro em alto mar, costuma se intensificar e ampliar sua área de influência sobre o continente Sul-Americano. Como no Hemisfério Sul sistemas de alta pressão giram em sentido anti-horário, o resultado são ventos de leste e nordeste em quase toda a costa brasileira. O mapa ao lado mostra a climatologia (período 1968-1996) da pressão média ao nível do mar em agosto no Atlântico Sul. Observe entre a África e a América do Sul, próximo à latitude 30° S, o centro barométrico do ASAS com valor próximo a 1023,6 mb. Os dados pertencem ao National Center for Environmental Prediction (NCEP/NOAA).
    Minas Gerais não tem mar, mas de certa forma também é atingido por ventos provenientes da atividade do Anticiclone Subtropical. Na tarde de hoje, por exemplo, Belo Horizonte teve rajadas de vento de até 38,1 km/h na região da Pampulha. Nos bairros mais altos da capital, esse valor certamente foi maior. Apesar de todo esse vento, a temperatura se elevou e a umidade caiu. A máxima oficial registrada pelo Instituto Nacional de Meteorologia na região Centro-Sul da cidade foi igual a 29,0° C. Nesse instante a umidade relativa caiu para 24 %. Amanhã, a chegada de ventos mais frios e úmidos deve reduzir a temperatura e elevar a umidade durante as tardes. Em Belo Horizonte, máxima em torno de 26° C.

    Nenhum comentário: