Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    18 de novembro de 2009

    NOTÍCIA: Inmet completa 100 anos de existência hoje (18/11/2009)

    "A previsão do tempo é fundamental para o funcionamento de várias atividades do cotidiano, como a aviação e a agricultura, e também para que as pessoas possam se programar para períodos de chuvas e sol. Nesta quarta-feira (18/11), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), um dos Institutos que fazem a previsão climática do país, completa 100 anos de existência.
    Fazer a previsão não é tarefa fácil. A chefe da previsão do tempo do Inmet de Brasília, Márcia Seabra, explica que a previsão começa com um diagnóstico como o feito por um médico. "Precisamos desse diagnóstico para saber o que está acontecendo no momento, juntamos imagens de satélite e dados das estações meteorológicas", explica. Após esta coleta de dados, como precipitação, ventos, umidade relativa do ar e pressão, e com o auxílio de supercomputadores, é feita uma simulação, através de modelos numéricos, de como se comportará o tempo num intervalo de 24h, 48h, 72h e 96h à frente.
    Há ainda a análise dos dados pelos meteorologistas, pois nem sempre o que chega ao Inmet está correto. "Os erros na previsão que temos hoje são muito baixos ainda mais se comparar com a década de 1970 e 1980", afirma Márcia. Para que tudo saia perfeito, o Inmet possui dois tipos de estações, automáticas e convencionais. "A convencional precisa que uma pessoa vá até o local a cada 6 horas para ler os instrumentos, já as automáticas conseguem transmitir os dados a cada hora", explica. O Inmet possui 455 unidades automáticas e 298 convencionais.
    Festa
    As comemorações dos 100 anos do Inmet vão até esta quinta-feira (19/11). Hoje, a programação começou às 10h com Hino Nacional Brasileiro tocado pela Banda do Corpo de Bombeiros na sede do Instituto. Em seguida, o ministro Reinhold Stephanes fez a abertura oficial da celebração e houve o lançamento do livro "Inmet - 100 Anos de Meteorologia no Brasil". Palestras e uma visita à Biblioteca Nacional de Meteorologia encerraram a programação de hoje.
    Para a quinta-feira, será realizada uma reunião para elaboração do prognóstico climático de consenso entre Inmet, Inpe, Centros Estaduais de Meteorologia e Hidrologia e outras instituições, com validade para o período de dezembro de 2009 a fevereiro de 2010. Após a reunião do fórum climático, haverá a apresentação de novos produtos do Inmet, relacionados ao Monitoramento do Clima e aplicações.
    Curiosidades
    O site do Inmet traz curiosidades sobre o clima no Brasil. Brasília é citada por ter registrado em 7 de agosto de 2002 o menor índice de umidade do ar, 10%. A maior temperatura máxima registrada no Brasil foi na cidade do Bom Jesus do Piauí, em 21 de Novembro de 2005, com 44,7º C. A temperatura mínima foi na cidade de Xanxerê, Estado de Santa Catarina, chegando a -11,1º C, em 20 de Julho de 1953. A maior quantidade de chuva em 24 horas na última década foi na cidade de Florianópolis, chegando aos 404,8 mm em 15 de novembro de 1991. Nesta localidade no mês de novembro, normalmente chove o equivalente à 129mm."
    Fonte: Correio Braziliense
    O BH TEMPO parabeniza todos os profissionais do Instituto Nacional de Meteorologia!

    Nenhum comentário: