Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    24 de novembro de 2009

    Novembro anômalo: onda de calor e seca atinge MG

    Novembro de 2009 tem sido marcado por anomalias climáticas em quase todo o estado de Minas Gerais. Além das temperaturas acima da média histórica, a chuva tem sido escassa e irregular, apresentando volumes muito inferiores ao esperado para um dos meses mais chuvosos do ano. Do dia 1°/11 até ontem (23/11), a média das temperaturas máximas em Belo Horizonte ficou em 29,7° C. Esse valor está 2,2° C acima da média para o mês (27,5°C). A média das temperaturas mínimas para esse mês na capital também representam uma anomalia positiva: 19,7° C contra 18,2° C da média histórica (ou seja, +1,5° C). Veja na tabela abaixo*:

    Quanto à precipitação, o volume acumulado do início do mês até ontem foi de apenas 57,2 mm. A média mensal é igual a 227,6 mm.

    O BH TEMPO acredita que grande parte dessas anomalias possa ser atribuída: 1) ao predomínio do escoamento de norte/nordeste, ou seja, intensificação dos sistemas tropicais sobre a região. Nesse caso, as frentes frias e massas de ar do sul do continente encontram dificuldades para atingir o estado e 2) ocorrência do fenômeno El Niño no Oceano Pacífico, o que agudiza o gradiente térmico entre equador e polos.

    PREVISÃO: Infelizmente a previsão não é nada animadora para aqueles que desejam a volta das chuvas e de temperaturas mais amenas. Os modelos de previsão atmosférica estão confusos, porém, existe um consenso de que para os próximos 7 dias essa situação de desconforto persistirá no centro-norte mineiro, inclusive na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A dica é ingerir muito líquido e usar protetor solar.

    *Os dados utilizados para elaboração da tabela acima pertencem ao Instituto Nacional de Meteorologia e foram registrados por sua estação automática localizada na região da Pampulha.

    Um comentário:

    Ohasi disse...

    OK, teremos que ter uma conversa com São Pedro já! Esse calor não dá! Valeu BHTEMPO pelas informações sobre o nosso clima! Abraços