Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    30 de maio de 2009

    Nova frente fria se aproxima de Minas

    Nebulosidade associada ao avanço de uma nova frente fria já atinge parte de Minas Gerais. Até segunda-feira esse sistema deve passar pela RMBH e provocar chuva na capital mineira. A partir de terça-feira deve voltar a fazer frio no Estado, sobretudo nas regiões Sul e Triângulo. No Sul do Estado, inclusive, poderá ocorrer geada nas madrugadas de terça a sexta. A Zona da Mata e a RMBH também sentirão redução nas temperaturas, especialmente entre quarta e quinta-feira. Em breve o BH TEMPO irá divulgar a previsão completa para a semana que vem na capital.

    Ventos marítimos já influenciam tempo em BH

    A passagem de uma frente fria pelo litoral do Espírito Santo deixa a manhã desse sábado um pouco mais amena e úmida em Belo Horizonte. A nebulosidade aumentou na capital mineira (imagem ao lado). Às 10 horas da manhã fazia 22,6° C e a umidade relativa era de 66 % na Pampulha. A mínima registrada nessa madrugada foi igual a 16,6° C. Os ventos fortes ao longo de todo o dia não deixarão a temperatura passar dos 25/26 graus em BH.

    29 de maio de 2009

    Frente fria já atinge divisa de Minas com Espírito Santo

    A frente fria que avança ao largo do litoral da região Sudeste do país já está na altura do Estado capixaba. A região de Muriaé, na Zona da Mata mineira, tem chuva fraca no início da noite dessa sexta-feira. Às 18 horas fazia 20,3° C na cidade, quase 6 graus a menos do que havia sido registrado ontem no mesmo horário. Nas próximas horas deve chover inclusive na capital do Espírito Santo.

    Belo Horizonte: na capital mineira houve aumento de nebulosidade no fim da tarde de hoje mas a probabilidade de chuva nas próximas horas é praticamente nula. A máxima oficial registrada pelo INMET em BH foi de 27,4° C. O sábado será mais ameno devido a nebulosidade e os ventos mais úmidos vindos do oceano.

    .

    Antagonismo em Minas: frio no Sul e Zona da Mata e calor em BH

    O avanço de uma frente fria pelo litoral do Sudeste deixa o tempo fechado nas regiões mineiras mais próximas do oceano. Cidades do Sul de Minas e da Zona da Mata têm um início de tarde frio. Em Monte Verde, distrito de Camanducaia no extremo Sul do Estado, fazia apenas 16,5° C às 13 horas. Em Juiz de Fora a temperatura era de 16,9° C no mesmo horário.

    Já na Região Metropolitana de Belo Horizonte, faz calor no início dessa tarde e o céu permanece ensolarado. Em Belo Horizonte (Pampulha) fazia 27,2° C às 13 horas e a umidade relativa era de 44%. Em Florestal, onde fez 11,1° C na madrugada de hoje, a temperatura chegava a 27,6° C no mesmo horário. Apenas amanhã a RMBH irá sentir uma leve influência do avanço dessa frente fria pelo oceano.

    .

    Frente fria avança pelo oceano

    A frente fria que mudou o tempo em São Paulo e já faz os sulistas sentirem o sabor do inverno, tem dificuldades para avançar pelo interior do país. Isso ocorre devido o estabelecimento de uma intensa massa de ar seco sobre o Brasil Central nessa época do ano. Esse sistema, associado ao Anticiclone Subtropical do Atlântico Sul, inibe a formação de nuvens e o avanço de instabilidades que provocam chuva. O resultado são dias e mais dias de céu claro e baixa umidade. Apenas as frentes frias mais fortes são capazes de vencer essa barreira de ar seco e provocar chuva no interior do país, inclusive em boa parte de Minas Gerais. A imagem de satélite ao lado destaca o posicionamento dessa massa de ar seco e mostra a frente fria sendo barrada e desviada para o oceano.

    Boa notícia

    A boa notícia para os mineiros é que uma nova frente fria já se organiza sobre a região Sul do país e deverá ser forte o suficiente para vencer a barreira de ar quente e seco e trazer chuva e frio para boa parte de Minas Gerais. A virada no tempo deve acontecer a partir da próxima segunda-feira. O frio será intenso no Sul de Minas e Triângulo Mineiro. Na Zona da Mata e Região Central as temperaturas também irão sofrer forte declínio.

    .

    28 de maio de 2009

    Temperatura cai rápido em BH

    Depois de uma tarde seca e quente para os padrões de maio, a temperatura cai rápido em Belo Horizonte. A ausência de nuvens e o ar seco contribuem para a perda radiativa da superfície. Às 23 horas fazia 18,6° C na Pampulha, 10 graus a menos do que foi registrado à tarde, entre as 13 e 14 horas. A temperatura deve continuar caindo nas próximas horas e a sexta-feira deve ter mínima em torno de 16° C na Pampulha e até 12°C na RMBH, ligeiramente abaixo do que foi divulgado hoje cedo.

    Florestal

    Em Florestal, município no extremo oeste da Região Metropolitana de Belo Horizonte, fazia apenas 14,1° C às 21 horas. O valor merece destaque, considerando o horário em que foi registrado e o forte calor da tarde. Na cidade chegou a fazer 29,2° C entre as 13 e 14 horas de hoje.

    .

    Umidade relativa cai a 28% en BH

    A tarde desta quinta-feira está sendo ensolarada e quente na RMBH (imagem à esquerda). Entre as 15 e 16 horas chegou a fazer 28,0° C na capital (Pampulha) e a umidade relativa baixou aos 28 %. Segundo a Organização Mundial de Saúde e a Defesa Civil, valores inferiores a 30% podem comprometer a qualidade do ar e prejudicar a saúde humana. Apesar disso, ventos moderados que atingem a cidade têm favorecido a dispersão de poluentes e mantido a atmosfera, ao menos visualmente, limpa.

    Atualizado às 17:38

    Previsão para os próximos 5 dias em Belo Horizonte







    27 de maio de 2009

    Chuva no Sul e Zona da Mata

    O calor da tarde de hoje em Minas Gerais foi resultado da aproximação de uma frente fria que está sobre São Paulo. Na noite dessa quarta-feira já choveu de forma isolada no Sul de Minas e na Zona da Mata. Até sexta-feira a frente avança pelo oceano e deixa muita nebulosidade sobre essas duas regiões, reduzindo as temperaturas máximas.

    Capital

    Esse sistema é de fraca intensidade e não deverá provocar chuva em Belo Horizonte. Apenas no sábado a RMBH irá sentir os efeitos de seu avanço pelo oceano. A temperatura máxima sofrerá redução de até 4 graus nesse dia.

    Calor em Minas

    A poucos dias do início do inverno, o calor voltou com força total em Minas Gerais. Hoje, a temperatura máxima em Belo Horizonte chegou à marca dos 29,0° C, valor até 5 graus acima da média para o mês. Em Montes Claros chegou a fazer 30,4° C entre as 14 e 15 horas. Na região de Pirapora fez 30,3° C no mesmo horário. Muriaé, na Zona da Mata, registrou uma das maiores temperaturas do Estado: 31,3° C. Veja abaixo a máxima registrada em outras cidades mineiras na tarde de hoje:































    A tarde de amanhã ainda será bastante quente em boa parte de Minas Gerais. No sábado, uma mudança na direção dos ventos proporcionará um refresco aos mineiros.
    .

    Névoa úmida em BH

    A capital mineira tem mais um início de manhã com névoa úmida nesta quarta-feira (imagem a esquerda). A mínima hoje na Pampulha foi igual a 15,8° C e às 8 horas da manhã já fazia 18,7° C, até 0,9° C a mais que ontem no mesmo horário.
    Nas próximas horas a névoa irá se dissipar e o sol vai brilhar forte sobre a cidade. O dia será de calor em Belo Horizonte. A temperatura máxima deve ficar em torno de 27/28° C.

    26 de maio de 2009

    Calor e chuva na Zona da Mata mineira

    Esta terça-feira foi muito quente na Zona da Mata mineira. A aproximação de uma frente fria criou uma típica situação "pré-frontal" na região: ventos continentais, queda de pressão e calor. Em Juiz de Fora chegou a fazer 29° C no aeroporto local. Na estação automática da cidade a temperatura ficou em 26,8° C.

    A temperatura também ficou acima da média na amena Barbacena. Chegou a fazer 24,6° C na estação automática do INMET e 25° C no aeroporto local. Nessa cidade, o calor organizou nuvens carregadas e choveu moderado no início da noite. Por volta das 20 horas fazia 18° C em Barbacena.

    Na capital a sensação de calor também se fez presente, a temperatura máxima atingiu os 27,3° C e no fim da tarde nuvens escuras cobriram o céu na Zona Sul da cidade. Mas não choveu. Agora à noite o céu está limpo e faz 21°C (20 horas).

    Até sexta o tempo deve mudar em Minas. Uma nova massa de ar polar irá atingir o Centro-Sul do Estado, deixando as tardes mais amenas.

    .

    Névoa ao amanhecer na RMBH

    A RMBH teve um belo início de manhã com névoa úmida nessa terça-feira. No Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, fez 11° C às 7 da manhã e a visibilidade diminuiu um pouco devido ao fraco nevoeiro. Na região do Quadrilátero Ferrífero (Nova Lima, Mariana. Ouro Preto), o nevoeiro foi mais denso. Na RMBH a menor temperatura registrada nessa madrugada foi em Florestal (10,1° C). Na Pampulha (automática INMET) fez 14,6° C. As fotos acima mostram a região Centro-Sul de BH (à esquerda) e a região Nordeste (à direita) na manhã de hoje.

    Na capital o dia será de céu claro e queda da umidade relativa do ar durante a tarde.

    .

    25 de maio de 2009

    Pressão cai e vento muda de direção em BH

    O enfraquecimento do sistema de Alta Pressão que atuava sobre Minas Gerais já pode ser sentido em Belo Horizonte. Ao longo da tarde dessa segunda-feira, o vento que nos últimos dias soprou incessante do quadrante Leste/Sudeste passou a Norte/Noroeste. A pressão atmosférica que havia ultrapassado os 925 hPa no último sábado, hoje está próxima a 917 hPa (até 2 hPa menor que ontem), segundo dados da estação automática da Pampulha (INMET). Com a queda de pressão, houve aumento da nebulosidade em algumas regiões do Estado (imagem de satélite acima).

    Após uma uma madrugada com mínima de 14,1° C, a temperatura atingiu 26,8° C na capital. A umidade relativa ainda não caiu a ponto de comprometer a qualidade do ar e permaneceu acima de 40%. Entretanto, na tarde de hoje já era possível observar uma camada mais densa de poluentes, com aspecto alaranjado, próxima a superfície em Belo Horizonte (foto acima).

    .

    24 de maio de 2009

    Madrugada promete fio em Minas Gerais

    A próxima madrugada promete ser fria em grande parte de Minas Gerais. A estabilização de uma massa de ar seco e a ausência de nebulosidade favorecerão rápida perda radiativa pela superfície. Veja a temperatura em algumas cidades mineiras às 21 horas deste domingo (automáticas INMET):

    Monte Verde: 9,6° C
    Maria da Fé: 10,6° C
    Florestal (RMBH): 14,5° C
    Capelinha: 14,6° C
    Diamantina: 14,6° C
    Barbacena: 16,7° C
    Juiz de Fora: 17,8° C
    Belo Horizonte (Pampulha): 18,8° C
    Araxá: 20,2° C

    Novidade

    A partir de hoje o BH TEMPO passa a contar com um colaborador da Zona da Mata. Renan Tristão, geógrafo de Juiz de Fora, irá trazer notícias e imagens sobre o tempo nessa importante região de Minas Gerais!

    Se você é de outra região mineira e quer se tornar colaborador do BH TEMPO, entre em contato por e-mail!

    .

    Amplitude térmica diária aumenta em Minas

    A partir de hoje e até pelo menos o final dessa semana, parte do Estado de Minas Gerais terá uma grande amplitude térmica diária - ou seja, uma expressiva variação de temperatura ao longo das 24 h do dia. Isso significa que as noites tenderão a ser mais frias e as tardes mais quentes. O fenômeno ocorre devido a estabilização de uma massa de ar seco sobre a região. A ausência de nuvens e a redução dos ventos facilitará o ganho (período diurno) e a perda (período noturno) de energia pela superfície. O aumento da temperatura durante as tardes irá provocar redução considerável da umidade relativa do ar, condição favorável ao aumento da concentração de poluentes.

    Em Belo Horizonte, o domingo amanheceu com 13,8° C na Pampulha mas ao meio-dia já fazia 23,9° C. A umidade relativa estava em 49% nesse horário. O céu está claro na capital (foto à esquerda).

    .