Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    2 de fevereiro de 2010

    Chuvas estão dentro da média em BH

    Apesar da impressão de que Belo Horizonte esteja enfrentando um período de chuvas abaixo da média, a capital mineira teve um mês de janeiro normal, pelo menos no que diz respeito à precipitação. Conforme dados registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) - órgão oficial responsável por medições meteorológicas no Brasil, em janeiro de 2010 choveu 291,5 mm na região Centro-Sul da cidade. Segundo o INMET, o volume total de chuva esperado para o mês em Belo Horizonte é 296,3 mm, de modo que a diferença entre o observado esse ano e o normalmente esperado foi inferior a 5 mm.

    Por outro lado, embora dentro da média, o volume de chuva registrado no último mês ocorreu de forma irregular, isto é, em eventos isolados. As conhecidas "invernadas" - dias seguidos de chuva e temperaturas amenas - ainda não apareceram. O gráfico abaixo, do próprio INMET, mostra a distribuição de chuvas no mês em questão. Observe que grande parte do volume mensal provém de episódios nos dias 1°, 15, 16 e 21 de janeiro. Nos demais dias do mês, ou não choveu ou a chuva foi pouco expressiva.

    Quanto às temperaturas, as médias das máximas e mínimas foram de, respectivamente, 29,6° C e 20,5° C. O normal para o mês seria 28,2° C para máximas e 18,8° C para mínimas. Nesse caso, pode-se falar em anomalias positivas de 1,4° C para as máximas e 1,7° C para as mínimas.

    PREVISÃO: fevereiro começa com muito sol, calor e tempo firme em todo o estado de Minas Gerais. No entanto, a partir da segunda quinzena do mês chuvas intensas devem voltar a cair sobre o centro-sul mineiro, inclusive na capital e áreas do leste do estado atingidas por uma longa estiagem. Vários modelos meteorológicos são afirmativos sobre essa mudança no padrão atmosférico. Contudo, é bom destacar que trata-se apenas de uma tendência e que previsões mais seguras somente serão possíveis nos próximos dias. Acompanhe aqui no BH TEMPO!

    Nenhum comentário: