Monitoramento ao vivo: twitter.com/bhtempo

bhtempo

    14 de maio de 2010

    BH teve madrugada de frio histórico: 8,1º C na Pampulha

    A capital mineira teve nessa sexta (14/05) uma madrugada de frio recorde que certamente entrará para a história. Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a mínima na região da Pampulha chegou aos 8,1º C entre 5 h e 7 h da manhã. Para efeito de comparação, a menor mínima registrada em 2009 no mesmo local foi de 9,1º C (em 3/06). Nos anos de 2008 e 2007, a menor mínima registrada por essa estação foi de 8,2º C, em 14/07/2008 e 31/07/2007. Observe que esses valores foram registrados em junho ou julho, meses mais frios do ano.

    Além da atuação de uma massa de ar polar, a combinação entre céu limpo e ausência de ventos propiciou uma rápida perda radiativa noturna, como ocorre num deserto. Nas áreas de baixada da Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde o vento praticamente não chega e o ar frio se acumula, as mínimas dessa madrugada foram ainda menores. Em Florestal, cidade a pouco menos de 50 km da capital, o INMET registrou 3,8º C, valor invejável por qualquer morador do Sul do país amante do frio.
    A intensa massa de ar frio e seco de origem polar que está sobre o estado ainda deve provocar frio nas próximas madrugadas, no entanto, dificilmente o recorde dessa sexta será quebrado. À medida que a massa de ar se aproxima do oceano ela se torna menos seca e fria, isto é, mais quente e úmida – processo chamado tropicalização. De qualquer modo, as mínimas em Belo Horizonte devem ficar em torno dos 10º C até a próxima segunda. Durante a tarde, o sol brilha forte e faz algo de calor. As máximas na capital devem ficar próximas dos 27º C.

    Um comentário:

    Ohasi disse...

    Amo muito tudo isso.....